Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


    PARA O BARATA VOAR






Gilmar, eu fiquei sabendo
Que você mandou soltar.
Agora, o bicho Barata,
Isso é de assustar.
 

Esse bicho é perigoso,
E nojento pra danar.
E também é resistente,
À explosão nuclear.
 

Pu pu pu qui qui pá pá...
Aonde isso vai parar?
Esse angu de caroço,
Sim, é coisa do Gilmar.
 

Pu pu pu qui qui pá pá...
Não consigo acreditar.
Bastou só um habeas corpus,
Para o Barata voar.
 

O gol está impedido,
É o que a lei nos diz.
Pois o Gilmar é padrinho,
De Francisco e Beatriz.
 

Temos dois judiciários,
Que nos deixam assustados.
Um é fruto de concurso,
O outro de indicados.
 

Pu pu pu qui qui pá pá...
Aonde isso vai parar?
Esse angu de caroço,
Sim, é coisa do Gilmar.
 

Pu pu pu qui qui pá pá...
Não consigo acreditar.
Bastou só um habeas corpus,
Para o Barata voar.
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 02/12/2017
Alterado em 11/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras