Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


              NACIONAL INTERVENÇÃO
 
 


 
As Forças Armadas no Rio,
Não está fazendo a intervenção.
Mais uma vez está se curvando,
É subserviente esta servidão!
 

Sem poder de polícia não se fará nada,
Intervenção limitada tende a sucumbir.
Quando a operação se faz pela metade, 
Os bônus e ônus têm-se a assumir.
 

Os incompetentes pediram socorro,
A grande saída foi a intervenção.
Para malandramente livrar a cara,
Do Cabral, do Temer e do Pesão.
 

As FFAA estão sucateadas,
Sem investimentos e motivação.
Chamam os ladrões de Excelentíssimo,

Desmoralizadas e com o pires na mão.
 

Com salários de fome de fazer vergonha,
Que não dá pro café e um pedaço de pão.
Humilham-se sorrindo para os algozes,
Que lhes vilipendiam e furtam à Nação.
 

Agora surgiu a oportunidade,
De fazer do Brasil uma grade Nação.
Basta um General com sangue no olho,
Dar um soco na mesa da corrupção.
 

Eu não sei mais o que estão esperando,
Para assumirem o poder e por na prisão.
Os bandidos togados e parlamentares,
Que estão dilapidando a nossa Nação.
 

Nosso Brasil está doente,
É câncer, não é dor de dente.
A esperança são as Forças
Armadas e operando, em prol da nossa gente.

 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 17/03/2018
Alterado em 28/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras