Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


          É UMA TREMENDA SACANAGEM
 
 



É uma tremenda sacanagem,
O que fazem com o Brasil.
Furtam e matam o servil povo,
Sem precisar usar o fuzil.
 


É uma quadrilha organizada,
Que fazem o que quer com a gente.
E ainda os reelegemos,
De forma subserviente.
 


Não sei se realmente é a gente,
Ou a urna que o Brasil tem.
Tal qual o marido enganado,
Que se orgulha da mulher que tem.
 


Furtaram a Petrobrás,
Aumentam a gasolina.
Entregam de mão beijada,
O nióbio das nossas minas.
 


Pagamos caros pedágios,
E não temos estradas para rodar.
A impunidade aqui campeia,
Valendo a pena furtar.
 


Na realidade não vale,
Nem mesmo furtar um pão.
O furto desqualifica,
O honrado homem cidadão.
 


Geralmente uma quadrilha,
É formada por quatro bandidos.
Dois do legislativo, Câmara e Senado,
Um do Judiciário, outro do Executivo.
 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 20/05/2018
Alterado em 23/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras