Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


              O MEU  DESPERTAR





Binho?
Está na hora de acordar,
O café já está pronto,
Não vá se atrasar...
 

Era assim todos os dias,
O meu despertar.
Vestia o uniforme,
E ia para o meu Grupo Escolar.
 

Minha mãe não era alfabetizada,
Mas detinha a convicção.
Que o país só desenvolve,
Por meio da educação.
 

No pátio perfilávamos,
Todos os dias para cantar.
O hino nacional,
E a bandeira brasileira hastear.
 

Ah, que saudade,
Do meu grupo escolar.
E da professorinha,
Que me ensinou o verbo amar.
 

Se no tempo eu pudesse voltar,
Para todos eu iria contar.
Que hoje, OSPB não existe,
E professores não podem reprovar.
 

Se no tempo eu pudesse voltar,
Quase ninguém iria acreditar.
Que hoje, alunos batem em professores,
Que castigo nas escolas não há.
 

Que há greve nas escolas públicas,
Que professores ganham mal.
Que não se hasteia mais a bandeira,
E não se canta o hino nacional.

 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 20/06/2018
Alterado em 20/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras