Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


                  O CNMP ME OLVIDOU
 




É arriscado confiar
No cego para nos guiar
Por vezes não vale apena...
Pois, quem tem alma pequena

A sua pena proverá.


 
Faça o que eu digo
Mas não faça o que faço
É meu, o poder de acusação
Sou promotor de injustiça

Pra mim não há condenação.


 
Vá pra pu ki ki pa pa...
Assim não dá pra ser feliz
Mesmo fazendo a coisa certa
A justiça me condenou

Por um crime que não fiz.


Criminoso eu não sou

E sim quem prevaricou
Protegendo os acusados
Administrativamente advogou
Está nos autos promotor.




 
Não adiantou recorrer
Não adiantou reclamar
Mesmo tendo toda prova
O CNMP me olvidou

E decidiu tudo arquivar.


 
Isso aconteceu comigo
Após denunciar
Fardados com as provas
Ao promotor militar
Que a mim fez caluniar.

Processo nº 2016.01.1.053632-0



 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 22/01/2019
Alterado em 23/01/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras