Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


             O DESTINO ME FEZ POETA






O destino me fez poeta
De uma forma inusitada...


Levando o que eu mais queria
Escureceu meu lindo dia
E fez eterna minha fria madrugada.
 
 

Se eu pudesse voltar no tempo
Faria tudo diferente...
 
No seu aniversário de oito anos
Talvez não cometeria o engano
De te dar aquele fatal presente.
 
 

Não é justo um pai se despedir do filho
Pai nenhum deveria merecer...
 
Amargar uma dor que nunca passa
A despedida que não se abraça
Nos dando a certeza de nunca mais ver.
 

Vivendo com essa dor
Por vezes sorrio chorando por dentro...
 
Como alento escrevo a nossa história
Que continua viva em minha memória
Recordando seu sorriso se faz meu alento.

 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 20/04/2019
Alterado em 20/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras