Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


      NA PRAÇA DOS TRÊS PODRE-RES
 
 
 




Na praça dos três podre-res
Parei e não pude bem respirar,
Em meio ao triangulo mal cheiroso
Senti vontade de vomitar.
 


Vi um parlamento corrupto
Legislando contra o Brasil, 
E um tribunal de exceção
Julgando de forma ardil.
 


No palácio do planalto,
Lá então pude ver
Um brasileiro audaz, 
Que motiva, e nos faz crescer.
 


Ninguém faz nada sozinho,
Sozinho o audaz não está;
Tem consigo um povo valente
Que com ele sempre estará.
 


Nunca perdi a esperança
De ter orgulho do meu Brasil,
E de ver um Capitão valente
À frente de um povo que é varonil.

 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 29/09/2019
Alterado em 29/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras