Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


             NÃO SE MATA deus SUPREMO
 
 
 


 
Toda ação tem reação,
Assim Nilton falou...
Janotei, não foi o primeiro,
Em que o instinto aflorou.
 

Quando se bate à porta
Pergunta-se quem é
Quem foi é folha morta
Quando cai vira ralé.




Vossa Excelência me respeite,
Pois não tem mais condição
Está destruindo a justiça
De um País que é Nação.
 

Saia à rua e saia da mídia,
E vossa excelência verá...
Há revolta na população,
E vontade também de matar.
 
Como fazem, os seus capangas
Que em Mato Grosso você tem
Assim o Joaquim falou
Eu ouvi e você também.
 

Eu  confesso não vi crime
No que Janot publicou,
Na revolta se exprime 
Uma revolta, um dissabor.
 

Pensam que são intocáveis
Que não podemos contestar
Não se mata deus supremo
Que não vai ressuscitar.


Foi acusado de ladrão,

Também de vender sentença.
Ao Cajurú não encarou...
Ao Senador fez reverência.


 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 29/09/2019
Alterado em 01/10/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras