Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


    
 



Essa história é engraçada
É do MORO e do MOURÃO
Que sendo madeiras de lei
Resistem tiro de canhão.
 

Os dois foram forjados
No fogo da moralidade
Hoje estão habilitados
Contra o delito da improbidade.
 

Na vanguarda dão suporte
Ao Comandante Capitão
Que em meio ao mar revolto
Leva ao porto seguro nossa nação.
 

Ninguém faz nada sozinho
Sozinhos eles não estão
jus sperniandi é falácia
De quem não tem arma na mão.
 

Contra fatos não há argumentos
Perderam e não querem aceitar
A derrota que lhes impôs o povo
Que à história resolveu mudar.

 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 03/11/2019
Alterado em 03/11/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras