Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


H O J E
 
Meu hoje é presente,
Ainda impreciso.
O ontem passou,
Não pode ficar.

Amanhã é futuro,
Certamente incerto.
Só me resta viver,
Sem me preocupar.

Hoje estou um tanto pensativo.
E meu dia promete,
Não ser o melhor.

Quero viver,
E permanecer vivo,
Esquecendo o meu,
Momento pior.

As horas passam,
Bem lentamente.
O tempo se vai,
Não consegue parar.

O suor que jorra,
Do meu corpo quente.
Faz-me esquecer,
Que é tempo de amar.

Homens andam,
Sem ver o caminho.
Ouvindo gritos,
A lhes 'zumbizar'.

Jamais pensei,
No meu fim tão somente.
Com o devaneio,
Do amor que não há.

Hoje é o dia,
Em que tudo acontece.
O ontem eu não vou,
Poder manejar.

Joguei o jogo,
Que me aborrece.
Estou envergonhado,
Não posso me olhar.

Histórias que a vida,
Escreve no tempo.
Observa o homem,
Aprendendo a andar.

Jeitoso ele segue,
O seu traçado caminho.
Esperando o dia,
Do seu fim chegar.
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 30/04/2007
Alterado em 09/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras