Rubens Lima

Um poeta que é apaixonado pelo que é e pelo que faz.

Textos


 
                 TÁ RUIM DE CONVIVER



 
Ta, tá, ta, ta ruim...
Muito ruim de conviver

Com vossa excelência
Neste supremo poder...
 

Por favor me deixe de fora
Desse seu - mal sentimento,

Horrível que arrepia...
É mistura de mal com atraso
Togado com uma pitada - de psicopatia.
 
É absurdo, vossa excelência
Cheio de ofensas e grosseria
Não articula um só argumento
E ofende seus colegas
Toda hora todo dia.
 

Ta, tá, ta, ta, ruim
Bem ruim de conviver
Com vossas excelências
Neste supremo poder...
 
 
Vive ofendendo pessoas
Não tem nenhuma ideia
Sua proposta é bílis, é ódio
Se protegendo no pódio
De sua vã prosopopeia.
 
Disse ser um mal secreto
Que envergonha e ilude
Com desonra nacional...
Agressivo, grosso e rude
Não sozinho desmoraliza o supremo tribunal.
 

Ta, tá, ta, ta, ruim
Muito ruim de conviver
Com vossas excelências
Neste supremo poder...
 

É ruim de conviver,
É também muito penoso
Conviver com alguém - assim tão asqueroso
Sem ideia e patriotismo, mais cheio de malicia
Atrás de interesses que diverge da justiça.
 
É uma coisa horrorosa
É uma vergonha nacional
É feio o que ocorre
Tendo alguém dessa estirpe
No Supremo Tribunal.

 



 
Rubens Lima
Enviado por Rubens Lima em 19/04/2019
Alterado em 20/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site "www.rubenspoeta.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras